Hidratante, anti-idade, ácido: jeito certo de usar seus produtos de beleza
17
janeiro

Hidratante, anti-idade, ácido: jeito certo de usar seus produtos de beleza

Postado em 17 de janeiro de 2019

Anti-idade
Age tanto na prevenção do envelhecimento, impedindo que rugas e flacidez apareçam, quanto no combate aos sinais da idade. Para isso, conta com ativos antioxidantes. “Eles são capazes de neutralizar os radicais livres, que causam a destruição do colágeno e da elastina”, explica o farmacêutico especializado em cosmetologia Maurício Pupo, de Campinas (SP).

Entre os principais antioxidantes estão a vitamina C, capaz de estimular a produção de colágeno e elastina e clarear a pele, e as propriedades encontradas no chá-verde, na uva e no óleo de oliva.

Ordem de aplicação: após a limpeza e a tonificação da pele.

Horário de aplicação: pela manhã, seguido de protetor solar, e à noite. “Existem pessoas que aplicam apenas uma vez ao dia, mas, nesse caso, a eficácia será reduzida pela metade”, diz Pupo.

Quantidade: o ideal para cobrir todo o rosto e pescoço é o equivalente a uma colher (chá) rasa do produto. Espere alguns minutos para que ele seja absorvido antes de aplicar a maquiagem ou o filtro solar.

Combinação: não é aconselhável misturar o anti-idade a outro tipo de creme, pois isso dilui a concentração dos ativos e, consequentemente, sua eficácia.

Ácidos
Os mais usados são os retinoico e glicólico. “Eles são excelentes opções para o tratamento de manchas e do envelhecimento da pele, pois aceleram a renovação celular”, diz a dermatologista Daniela Schmidt Pimentel, de São Paulo.

Ordem de aplicação: para que os ácidos entrem em contato com a pele e sejam eficientes, toda a gordura deve ser removida. Lave com um sabonete específico para seu tipo de pele, seque bem o rosto e, em seguida, aplique o ácido.

Horário de aplicação: devem ser sempre utilizados à noite, evitando uma possível reação ao sol, pois podem causar manchas.

Quantidade: a regra geral é aplicar o equivalente a uma moeda de 50 centavos. Comece com uma camada bem fina para sentir a tolerância da pele.

Combinação: a única associação deve ser com o protetor solar, com o rosto já lavado. A mistura com outros hidratantes ou ativos pode causar graves irritações.

Antimanchas
Melhora o aspecto da pele, suavizando e, em alguns casos, até eliminando as manchas. Tudo graças aos ativos que ajudam a reduzir a produção ou os depósitos de melanina, caso do alfa-arbutin, da vitamina C, do ácido kójico e da niacinamida. “O padrão de ouro para tratamento de melasma é a combinação de ácido retinoico com corticoide e hidroquinona”, diz Daniela.

Ordem de aplicação: após lavar o rosto para que possam penetrar mais profundamente.

Horário de aplicação: os mais eficientes, com ácidos e hidroquinona, devem ser usados à noite e retirados pela manhã, quando entra em cena o protetor solar. “Dessa forma, evita-se a sensibilização pela exposição ao sol e a interação com outros ingredientes que poderiam diluir sua ação, como silicones, manteigas, óleos e glicerina”, diz Ligia.

Quantidade: se aplicado no rosto e pescoço, passe o equivalente a 1 colher (chá) rasa.

Combinação: a única associação permitida e recomendada é com o protetor solar, que deve ser aplicado pela manhã e ao longo do dia.

Creme noturno
A diferença entre o creme noturno e o diurno é que ele tem ação mais nutritiva e regeneradora, porque possui ácidos e outros ativos que são fotossensíveis. “Além disso, costuma ser mais eficiente, já que é durante a noite que a pele fica mais receptiva aos nutrientes”, explica Daniela. Entre os ativos mais usados nas formulações estão: antioxidantes como a vitamina C, retinol e peptídeos específicos.

Ordem de aplicação: após lavar o rosto.

Horário de aplicação: minutos antes de deitar.

Quantidade: aplique por todo o rosto o equivalente a uma moeda de 50 centavos.

Combinação: se a função do creme for apenas nutritiva, ele pode ser misturado a hidratantes, para atenuar sua oleosidade, ou a óleos faciais, para incrementar sua eficácia. Mas, se forem cremes antirrugas, com vitamina C ou retinol, não devem ser misturados para não diluir os ativos.

Antiacne
Previne a acne, reduz o número de lesões já existentes, diminui a oleosidade da pele e pode tratar as manchas escuras deixadas pelo problema. Esses cremes associam ativos como o ácido salicílico, que tem ação esfoliante, e a vitamina B3, responsável por reduzir a oleosidade e combater a inflamação.

Ordem de aplicação: após o uso do sabonete facial (de preferência com ácido salicílico). Depois é indicado passar um protetor solar matificante.

Horário de aplicação: sempre pela manhã, seguido de protetor solar matificante, e à noite, após lavar o rosto.

Quantidade: o suficiente para cobrir a área com acne.

Combinação: uma ou duas vezes por semana, pode ser aplicada uma máscara concentrada de argila verde ou preta, que possui alta concentração de enxofre, potencializando a eliminação da gordura. Se usar hidratante, prefira os oil-free, como gel, gel-creme e sérum. E aplique antes do produto antiacne.

Hidratante
Reduz a perda de água da pele causada pelo processo natural de evaporação, baixas temperaturas, banhos quentes ou por procedimentos dermatológicos, como peelings e laser. Para isso, eles têm em sua formulação, ativos que criam uma barreira no tecido cutâneo, caso da glicerina, do ácido hialurônico, dos óleos de amêndoas, avelãs, canola e da manteiga de karité.

Ordem de aplicação: sempre após a lavagem e a tonificação, podendo ser reaplicado durante o dia sem a necessidade de lavar o rosto novamente.

 Horário de aplicação: a pele seca pode necessitar de mais aplicações do que a acneica. “Mas, basicamente, a hidratação deve ser feita pela manhã e à noite”, diz Daniela.

Quantidade: depende da necessidade de hidratação: se for de pouca a moderada, cubra o rosto com uma fina camada. Já se estiver mais ressecada, passe uma camada generosa. Regra geral: aplique o equivalente a uma moeda de 5 centavos.

Combinação: em casos de ressecamento intenso, vale acrescentar ao hidratante uma ou duas gotinhas de óleo específico para o rosto. Mas evite misturar com anti-idade, clareadores e produtos que contenham vitamina C, retinol ou ácidos a fim de não diluir a eficácia. “Caso deseje usar os dois, aplique primeiro o produto mais forte, leia-se os com vitamina C, retinol e outros ácidos, e em seguida o hidratante”, recomenda Pupo.

FONTE: Site Boa Forma

Pesquisar

Categorias

Blog